Alguns dados sobre Psicanálise

• Criada pelo neurologista austríaco Sigmund Freud (1856 – 1939), a psicanálise consiste em um método de investigação e de tratamento de diversos transtornos mentais.
• No processo psicanalítico, investiga-se uma porção desconhecida do sujeito — o inconsciente —, considerando a hipótese de que as explicações e as causas daquilo que nos causa sofrimento podem situar-se fora da consciência.
• O processo de psicanálise se dá por meio da conversação. Escutando as narrativas do paciente, o psicanalista interpreta fenômenos psíquicos, levando o analisante a identificar as prováveis origens dos seus sofrimentos, das suas angústias, dos seus medos…, o que pode se constituir em um primeiro passo para a cura.
• A psicanálise é eficaz. Em muitos casos, pode ser um coadjuvante no tratamento de algumas doenças. Em outros, pode se tornar protagonista e ajudar o paciente a evitar os produtos farmacêuticos e seus inevitáveis efeitos colaterais.
• O tratamento psicanalítico leva o indivíduo a entender que os conflitos internos são inerentes ao ser humano e que é possível viver com eles sem experimentar sofrimentos. A psicanálise, portanto, auxilia o sujeito a ficar em paz consigo mesmo e a lidar melhor com as variações da vida.

Rolar para cima